Gilmar Mendes propõe “sandálias da humildade” para colegas do Supremo

Publicado em 28 setembro, 2017
Compartilhe agora!

O ministro do STF Gilmar Mendes sugeriu a seus pares na corte que calcem as “sandálias da humildade” na análise do caso Aécio Neves (PSDB-MG).

A Primeira Turma do Supremo decidiu no início desta semana pelo afastamento do tucano do mandato e sua prisão domiciliar durante à noite.

“Assim como que se recomenda ao Legislativo cautela também nós devemos saber que como únicos intérpretes judiciais do texto constitucional devemos proceder com razoabilidade, sobriedade, calçar as sandálias da humildade”, disse Gilmar, conforme registro da Folha.

O ministro criticou os colegas de STF que colocam “vontades” e “propósitos” acima da lei.

“Esse fato todo traz um certo ensinamento e aprendizado de que há limites para todos os Poderes. Não podemos ultrapassar os limites dos Poderes. De quando em vez, juízes e legisladores devem olhar o texto constitucional”, afirmou Gilmar.

A expectativa é que, até terça-feira (3), quando o Senado apreciará a matéria, o Supremo recue da decisão que pune Aécio Neves. A esse respeito, o ministro Gilmar Mendes falou:

“Ou o plenário do STF se pronuncia sobre esse tema e passa ter um juízo definitivo e orienta as turmas em relação a essa temática, ou o Senado também se manifesta, eventualmente supera a decisão tomada pela primeira turma e depois temos que ver os desdobramentos. Em geral temos sabido construir soluções.”

Compartilhe agora!

Comments are closed.