Temer deveria parar de ‘vender o patrimônio desse país’ e ‘ir embora’, diz Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou na noite desta quinta-feira (17), em Salvador (BA), que o ilegítimo Michel Temer (PMDB) deveria parar de privatizar as empresas públicas e deixar o cargo.

“Se um governante governa um país e numa crise começa a vender o patrimônio desse país, esse governante deveria pedir desculpas e ir embora”, discursou o petista no lançamento da 3ª fase do Memorial da Democracia.

O ex-presidente falou de sua disposição de voltar ao Palácio do Planalto: “Tô com 71 anos com vontade de lutar como se tivesse 30! Quero andar por esse país pra despertar a consciência desse povo.”

“Vocês vão pagar com a mesma moeda o que você fizeram com a democracia brasileira. E em 2018 a gente vai eleger uma pessoa democraticamente”, afirmou Lula, referindo-se aos golpistas que derrubaram Dilma Rousseff (PT) no ano passado.

“Eles cassaram a Dilma, mas não podem cassar as coisas boas que ela fez por esse país. E não podem apagar minha história.”

O petista ainda mencionou o título de Doutor Honoris Causa que iria receber amanhã (18) da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), mas, por decisão da Justiça, a cerimônia de entrega foi suspensa.

“Amanhã vamos em Cruz das Almas e vou dar um beijo na testa do reitor da UFRB, dos professores e dos estudantes”, prometeu.

Hoje foi o primeiro dia da Caravana de Lula no Nordeste Brasileiro.

Abaixo, assista a íntegra do discurso do ex-presidente:

Comentários encerrados.