Por Esmael Morais

Temer corta Bolsa Família de 20 mil paranaenses em situação de risco

Publicado em 24/08/2017

Segundo o parlamentar, os cortes se deram nas seguintes cidades do Paraná: Curitiba (7.300), Londrina (5.500), Cascavel (840), Guarapuava (1.500), Apucarana (1.200), Campo Mourão (970), Paranavaí (640), Paiçandu (480) e Maringá (1.200).

“Essa é a lógica deste governo golpista: tirar dos menos favorecidos para dar aos ricos. Enquanto os que patrocinaram o impeachment recebem regalias, Temer sangra um dos mais importantes programas sociais da história do Brasil, que é o Bolsa Família”, disparou Verri.