PR Pesquisas: 2º lugar disputadíssimo em Guarapuava

Se Guarapuava fosse o Paraná, em 2018, o governador eleito seria César Silvestri Filho (PPS); e, se fosse o Brasil, o presidente eleito seria Alvaro Dias (Podemos). É o que diz Murilo Hidalgo, dono do instituto Paraná Pesquisas.

De acordo com o levantamento realizado em Guarapuava, entre os dias 10 e 13 de agosto, Silvestri Filho lidera no município a corrida pelo Palácio Iguaçu com 32,2% das intenções de voto.

O segundo lugar, ainda segundo a Paraná Pesquisas, está emboladíssima entre Ratinho Junior (PSD), com 19,5%, Osmar Dias (PDT), com 16,9%, e Roberto Requião (PMDB), com 16,8%. Cida Borghetti (PP) tem 1,4%.

A Paraná Pesquisas também mediu a febre na disputa pela Presidência da República.

O instituto de Murilo Hidalgo disse que, se Guarapuava fosse o Brasil, o novo presidente seria o senador Álvaro Dias (Podemos), com 34,9%. O ex-presidente Lula (PT) ficaria em segundo lugar com 14,9%, seguido do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) 14,0%, João Doria (PSDB) 10,7%, Marina Silva (REDE) 5,3%, Joaquim Barbosa (sem partido) 3,3% e Ciro Gomes (PDT), com 2,4%.

Foram entrevistados 656 eleitores, entre os dias 10 e 13 de agosto, com grau de confiança de 95% e margem de erro em 4%.

Guarapuava é o nono município mais populoso do Paraná com 180 mil habitantes. Fica na região Centro-Sul do estado a 250 km de Curitiba.

Com informações do Jornal Extra, de Guarapuava

Comments are closed.