Na latrina, Dória disputa “título” de anti-Lula com Bolsonaro

Publicado em 5 agosto, 2017
Compartilhe agora!

Que fase! O prefake de São Paulo, João Dória (PSDB), virou piada nas redes sociais porque apareceu sentado na “latrina” numa capa da IstoÉ, também conhecida como “QuantoÉ”.

Para a publicação, o tucano incorporou o ‘furação’ anti-Lula nas eleições de 2018.

O diabo é que Dória tem dois obstáculos à frente, um de ordem interna e outro de ordem externa.

O primeiro problema dele encontra-se no ninho tucano e chama-se Geraldo Alckmin, governador de São Paulo.

O segundo abacaxi de Dória é o ‘tsunami’ Jair Bolsonaro (PEN), que atropelou o PSDB e está na vice-liderança das pesquisas.

O prefake de São Paulo é vendido na edição da revista QuantoÉ, ops, IstoÉ, como novidade, embora ele esteja na estrada há pelo menos 30 anos com direito à denúncia de corrupção na Embratur no governo Sarney.

Não é a primeira vez que IstoÉ, ops, QuantoÉ, apronta dessas. Não edição N°2268, de 05 de maio de 2013, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) também era “vendido” com estadista e cravara sem dó nem piedade na capa: “Estou preparado para iniciar um novo tempo no Brasil”. Deu no que deu.

Durante a semana que passou, Dória esteve no Paraná discutindo a formação do “eixo do mal” com o governador Beto Richa (PSDB) para as eleições de 2018.

Compartilhe agora!

Comments are closed.