Gleisi Hoffmann: Temer implode o orçamento público para salvar o pescoço

A senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, denuncia a ‘descarada’ compra de votos para salvar o pescoço do ilegítimo Michel Temer. “As contas mais otimistas indicam a negociação de cerca de R$ 14 bilhões em recursos destinados aos parlamentares em troca de votos no plenário”, escreve a colunista.

Temer implode o orçamento público para salvar o pescoço

Gleisi Hoffmann*

O golpe executado por Michel Temer e seus apoiadores tinha como objetivos desmontar o Estado brasileiro e sepultar as políticas sociais implantadas nos governos Lula e Dilma. O presidente golpista se aproveita da aliança espúria construída com setores obscuros do Congresso Nacional para avançar sobre direitos de trabalhadores e congelar qualquer tipo de investimento destinado à melhoria da vida dos mais pobres. O derradeiro capítulo dessa farsa se deu na última quarta-feira, quando Temer foi absolvido da denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal, que indicava o recebimento de uma mala – que foi filmada, diga-se de passagem – com R$ 500 mil, apreendida junto a um assessor direto do presidente. Em vez de se defender da acusação, o peemedebista fez um pronunciamento à nação justificando o apoio do Congresso Nacional como saída para a crise econômica do País.

O que Temer não explicou aos brasileiros foi o custo da operação abafa colocada em marcha para salvá-lo. As contas mais otimistas indicam a negociação de cerca de R$ 14 bilhões em recursos destinados aos parlamentares em troca de votos no plenário – cerca de R$ 10 bilhões foram usados para quitar dívidas dos ruralistas, que têm uma bancada forte e bastante organizada dentro do Congresso Nacional. A compra dos votos foi descarada, com ministros saindo de seus gabinetes para negociar recursos às claras, sem pudor nenhum e sob o cúmplice silêncio dos que outrora diziam lutar contra a corrupção.

O governo promoveu cortes em áreas sociais, mas também avança sobre setores sensíveis, caso da pesquisa científica. Até o momento, calcula-se uma redução de 44% das verbas, o que afeta estudos sobre doenças como Alzheimer e Parkinson, agricultura e até o programa espacial brasileiro. Segundo um grupo de professores de Brasília, já foram bloqueados R$ 11 bilhões das universidades federais desde 2015, levando a suspensão de atividades de campi já em setembro, por falta de dinheiro para custeio.

Foi para isso que Temer e seus apoiadores deram o golpe? A base de sustentação do governo atual é a mesma que elegeu Eduardo Cunha e Rodrigo Maia para a presidência da Câmara, e que um jornal britânico classificou de hostil e manchada por corrupção. Pois são esses que não se envergonham dos R$ 14 bilhões em emendas para salvar o chefe, que agora tramam nos bastidores as mudanças na previdência social que, mais uma vez, castigarão os mais pobres, e passarão bem longe da aristocracia do serviço público.

Um ano depois da farsa do impeachment, começa a ficar claro que o discurso sobre ajustes e equilíbrio das contas públicas não passou de conversa fiada. Com sua política econômica equivocada, que beneficia os mais ricos em detrimento aos mais pobres, Temer não está apenas quebrando o Brasil. Ele está destruindo o sonho e autoestima de milhares de brasileiros que até bem pouco tempo passaram a ter acesso a direitos básicos, como financiamentos estudantis e programas de moradia e assistência social. Já está na hora de o Congresso Nacional entender que os humores estão mudando, e que em breve não será mais possível esconder a negociata com o Executivo debaixo do tapete. Quem já comeu três vezes por dia não aceitará a retirada deste direito mínimo.

*Gleisi Hoffmann é senadora e presidenta nacional do PT.

8 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Parei de ler quando começou com “presidenta” do pt!!!!

  2. Até que se prove o contrário, a grande suspeita de corrupção do Governo Temer está na utilização do Cartão Corporativo pela Presidência que alcança milhões de dólares e quase 50% não é transparente e divulgado por ser classificado como sigiloso. Temer, se o senhor é honesto, divulgue seus gastos!!! Se não divulgar fica comprovada a sua prática corrupta!
    Página do Facebook: Brasil e eu

  3. Descarada é essa senhora!!! O PT (perda total) usou do mesmo expediente todos esses anos….e aí disso ela não fala nada??? Vai pra Venezuela Greissi!!! KKKKK

  4. interessante que o super moral PT também recebeu suas emendas…

  5. A ilustre Senadora continua com seu blá blá blá nos microfones.
    Ainda não vi ela convocar o povo para uma greve geral.
    Sair às ruas e detonar com o ilegítimo presidente denunciado por crimes.
    E aí Senhores políticos de esquerda.
    Já se acomodaram com a derrota???
    Até agora só vimos o LULA defendendo os trabalhadores.
    E vocês, seu monte de incompetentes?????
    As eleições estão chegando, vamos lembrar disso.

  6. Olha quem falando cheia de “moral”! Falta de vergonha.

    • Cuma? Quem queres defender ante tanto caos imposto ao cidadão enquanto o MORDOMO e sua gang navegam em mares $ereno$, COXINHA? Quais são os atos que levam você a ter VERGONHA da atuação desta nobre senadora? Vai se informar, ALIENADO!

    • Não tem dúvida que tu és golpista, votou no Aécio…