Delegado ‘parceiro de voo’ de Beto Richa se suicidou em SP

O governador do Paraná Beto Richa (PSDB) não terá mais o suporte VIP no aeroporto de Guarulhos (SP) devido ao suicídio do delegado Christian Sant’Ana Lanfredi.

Lanfredi era delegado no aeroporto internacional de Guarulhos, principal porta de entrada e saída do Brasil. Além do atendimento de ocorrências policiais no local, cabia a ele a função de recepcionar autoridades políticas e empresariais.

O policial estava afastado do trabalho de delegado por problemas de saúde.

O delegado Christian passou um susto danado ao lado de Beto Richa, em maio de 2011, quando o helicóptero em que eles estavam sofreu uma pane. A aeronave teve de fazer um pouso de emergência no Campo de Marte. Detalhe: tudo filmado e transmitido ao vivo pelas redes de televisão.

O delegado Cristian Sant’ana Lanfredi, de 42 anos, era assessor do PSDB na Assembleia Legislativa de São Paulo. Ele matou a mulher, a juíza Claudia Zerati, de 46 anos, antes de comete suicídio na manhã de domingo (20).

Comentários encerrados.