Por Esmael Morais

Bancada do PT fecha questão pela investigação de Michel Temer

Publicado em 01/08/2017

Nada mais nada menos que 81% dos brasileiros defendem a abertura de processo contra o ilegítimo Michel Temer no STF, garante pesquisa Ibope.

“A Câmara tem um papel histórico nesta quarta-feira, dia 2, para votar e autorizar a continuidade da denúncia”, orientou o líder petista.

A bancada do PT é formada por 58 deputados.

LEIA TAMBÉM:

Denúncia contra Temer testará os limites da ‘fidelidade’ de Maia

Falta 1 dia para Temer

Veja como será a votação de amanhã:

Procedimentos

O quórum de abertura da sessão é de 51 deputados e a Ordem do Dia poderá ser iniciada com o registro de presença de 52 parlamentares.

Iniciada a Ordem do Dia, o relator Abi-Ackel falará por 25 minutos, seguido pelo presidente Temer ou seu advogado, por mais 25 minutos.

Após falarem 4 oradores, dois contrários e dois favoráveis ao afastamento, poderá ser apresentado requerimento de encerramento de discussão, desde que ao menos 257 deputados tenham registro presença.

Já a votação propriamente dita somente poderá ser iniciada com o registro de presença de 342 deputados.

Segundo a Secretaria-Geral da Mesa da Câmara, a ordem de votação dos estados será a mesma adotada na votação do impeachment da Dilma: os parlamentares serão chamados em ordem alfabética, por Estado, alternadamente do Norte para o Sul e vice-versa.