Um casamento do barulho

Publicado em 15 julho, 2017

Ganhou as manchetes — e as redes sociais — o casamento da deputada Maria Victoria Borghetti Barros (PP).

Ela é filha do ministro da Saúde Ricardo Barros (PP) e da vice-governadora Cida Borghetti (PP).

.

Ao invés do arroz, como se fazia antigamente, os noivos foram brindados com “chuva de ovos”.

Houve também empurra-empurra, cassetetes e bombas da PM que protegia os convivas no Largo da Ordem.

Aliás, os convidados e os noivos foram transportados da igreja até o Palácio Garibaldi, por uns 20 metros, dentro de camburões organizados pela polícia.

.

A manifestação desta sexta (14) ganhou a assinatura da Frente Brasil Popular.

O movimento pretende mapear outros casamentos de famílias ilustres, na capital paranaense, para realizar novos protestos.

Não foi a primeira vez que um deputado se casou sob vaiais, ovos, faixas e protestos no Paraná. Em maio de 2015, por exemplo, Tiago Amaral (PSB) ganhou uma torcida para que “broxasse” justamente no dia de seu casamento em Londrina.

.

Um horror tudo isso.

PS: a ideia da “chuva de ovos” no casamento de Vic surgiu no Palácio Iguaçu, embora tenha sido executada pela esquerda; ou seja, teve no fato o componente de 2018.

Comments are closed.