Deu ruim para Moro. Lava jato vai à julgamento em Tribunal Internacional Popular

Publicado em 17 julho, 2017
Compartilhe agora!

O juiz Sérgio Moro, da lava jato, vai a julgamento em inédito Tribunal Internacional Popular no próximo dia 11 de agosto.

O Tribunal Internacional Popular será realizado em Curitiba porque a cidade sedia a força-tarefa comandada pelo juiz parcial.

A data escolhida, Dia do Advogado, simboliza a reação dos profissionais ao magistrado que age contra o Estado Democrático de Direito, partidariza sentenças, usa o lawfare contra o “inimigo” e institui o Estado Midiático Penal.

O evento vai reunir sumidades do Direito, dentre as quais Marcello Lavenère, Gisele Citadino, Antônio Maues, Juliana Teixeira, Gerson Silva, Beatriz Vargas, Luciana Grassano e Cláudia Maria Barbosa no corpo de jurados; do juiz de direito em Alagoas, Marcelo Tadeu Lemos, como juiz presidente da sessão de julgamento popular; do advogado Eugênio Aragão, como responsável pela acusação e do criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, que fará a defesa da lava jato.

Com o lema “A lava jato no banco dos réus, o Povo é o Juiz”, o Tribunal Internacional Popular tem como logomarca oficial uma fotografia estilizada de um ‘sorridente’ Moro ao lado do ‘feliz’ senador tucano Aécio Neves.

O Tribunal Internacional Popular é uma iniciativa dos coletivos “Advogadas e Advogados Pela Democracia” e “Frente Brasil de Juristas Pela Democracia”.

Curta a página do Tribunal no Facebook clicando aqui.

Compartilhe agora!

Comments are closed.