CUT convoca nova Greve Geral para agosto

Compartilhe agora!

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, convocou na desta quarta-feira (5) a militância do campo de esquerda para uma nova Greve Geral contra as reformas, pela saída de Michel Temer e pelas Diretas Já.

O novo movimento paredista ainda não tem data definida, mas a tendência é seja realizado em agosto.

Além disso, Freitas, convocou o povo às ruas contra os desmontes. “Dia 11, dia da votação da reforma trabalhista no Senado, todos em Brasília”.

As centrais sindicais já realizaram duas Greves Gerais este ano, nos dias 28 de abril e 30 de junho, e várias manifestações nacionais.

Nesse cenário de queda de Temer, a CUT almeja barrar as reformas trabalhista e previdenciária e, ao mesmo tempo, assegurar a antecipação da eleição presidencial já.

Liberdade para Vaccari

Na posse da senadora Gleisi Hoffmann na presidência nacional do PT, em Brasília, na noite de ontem, o líder sindical também dedicou sua fala ao ex-secretário de Finanças do PT, João Vaccari, declarado inocente pelo TRF-4, mas mantido preso pelo juiz Sérgio Moro.

“Estou dedicando minha fala e minha militância a um companheiro que é um orgulho desse partido, e que é um guerreiro do povo brasileiro, que injustamente foi preso e que agora foi inocentado de todas as denúncias. E, numa atitude lamentável do senhor Moro, continua preso. Liberdade para Vaccari. Vamos continuar pressionando para que a justiça seja feita”.

Compartilhe agora!

Comments are closed.