Por Esmael Morais

URGENTE: ROCHA LOURES OU DELATA OU VAI PRESO. PGR FAZ NOVO PEDIDO AO STF

Publicado em 01/06/2017

O novo pedido ao ministro do STF Edson Fachin ocorreu após Rocha Loures ter perdido o foro privilegiado.

Rocha Loures estava deputado ocupando a cadeira de Osmar Serraglio (PMDB-PR), que foi demitido domingo (28) do Ministério da Justiça.

Durante o exercício do mandato, o deputado foi flagrado em filmagens da PF carregando uma mala com R$ 500 mil em propina da JBS.

Há expectativa de o ex-assessor de Michel Temer (PMDB) aderir à delação premiada para evitar a prisão.

Evidentemente, a delação atingiria o ilegítimo Temer e abreviaria o golpe de Estado. Consequentemente, ensejaria a convocação de eleições diretas já.

No último dia 20 de maio, o Blog do Esmael anotou que o “cavalho encilhado” da História estava dando oportunidade para que Rocha Loures optasse terminar como “bandido” (assumindo a culpa) ou “mocinho” (delatando Temer).