No front, Requião Filho transmite ao vivo PM avançando sobre servidores de Curitiba

Publicado em 26 junho, 2017
Compartilhe agora!

O deputado Requião Filho (PMDB) foi ao campo de batalha na manhã desta segunda-feira (26), em Curitiba, acompanhar os servidores municipais que lutam contra o pacotaço do prefeito Rafael Greca (PMN). O parlamentar acabou transmitindo ao vivo a ação da PM avançando sobre os manifestantes, em frente à Ópera de Arame.

Durante a transmissão, ao fundo, vaza o áudio de Requião Filho falando ao líder do governo Beto Richa (PSDB) na Assembleia Legislativa, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB): “Que cagada, hein, Roma!”.

Segundo os sindicatos, ao menos seis pessoas ficaram feridas e outras três foram detidas após muita bomba, spray de pimenta, cassetetes, cavalos, enfim, muita violência.

O Palácio Iguaçu, sede do governo do estado, que autorizou a PM reprimir os manifestantes, comemorou o confisco de R$ 700 milhões da previdência dos servidores.

Em 29 de abril de 2015, Beto Richa também colocou a PM para massacrar servidores estaduais com o intuito de meter a mão nos R$ 8 bilhões da ParanáPrevidência.

O pacotaço de Greca tem vários outros projetos que mexem com os direitos do funcionalismo e dos curitibanos.

Os vereadores fizeram ‘sessão bandida’ na Ópera de Arame, distante 7km do prédio histórico da Câmara Municipal no centro da capital paranaense.

Dentre as medidas aprovada hoje ainda tem aumento de impostos e alteração no plano de carreira dos servidores.

Compartilhe agora!

Comments are closed.