PEC das Diretas Já passa pelo primeiro teste; veja o relatório lido na CCJ

Publicado em 24 maio, 2017
Compartilhe agora!

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) leu na manhã desta quarta-feira (24) o relatório da PEC 67/2017, que prevê alterações na Constituição para permitir eleições diretas em caso de vacância no último ano de mandato.

Portanto, a PEC das Diretas Já passou hoje pelo seu primeiro grande teste na CCJ do Senado. A leitura do texto só foi possível graças a inversão da pauta, pois era o 41º item a ser discutido no colegiado — o que impossibilitaria a apresentação do mesmo aos senadores na sessão desta manhã.

A CCJ concedeu vistas coletivas à PEC das Diretas Já para acelerar seu trâmite no Senado. Isto quer dizer que na próxima terça-feira, dia 30 de maio, a matéria está apta à votação no colegiado e, imediatamente, ao plenário (provavelmente na quarta-feira, dia 31).

O remédio das Diretas Já é visto como solução a uma eventual renúncia, cassação ou impeachment de Michel Temer (PMDB).

A situação do ilegítimo ficou insustentável depois que ele foi flagrado em gravações combinando a comprando silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha visando frear a Lava Jato. Também agravou o quadro a filmagem da PF acerca do deputado Rocha Loures, que, de acordo com delatores, recebeu R$ 500 mil em propina que seriam destinados a Temer.

Compartilhe agora!

Comments are closed.