Richa é uma vergonha. Contra a corrupção e a favor do Paraná

O deputado Requião Filho (PMDB) descreve na coluna desta terça-feira (4) as peripécias do governador Beto Richa (PSDB), no quesito corrupção, que o colocaram na condição de réu no STJ. De acordo com o colunista, o tucano é “tetra” investigado e envergonha o Paraná.

Contra a corrupção e a favor do Paraná

Requião Filho*

A tal “Ilha de Prosperidade” cantada pelo governo Beto Richa está rodeada por um grande mar de lama.

O Governador teve a coragem de, várias vezes, ir a público falar sobre a corrupção no país, sobre a crise nacional, e de se vangloriar de uma suposta situação de tranquilidade econômica e de lisura administrativa.

O tempo é o senhor da razão. E para nós, brasileiros, tem sido bastante dolorido e penoso conhecê-la. Hoje temos a confirmação do que já sabíamos e alertávamos há tempos, de que o Paraná não está imune a crise, tampouco aos escândalos de corrupção.

Escândalos protagonizados por pessoas próximas ao governo, ou por pessoas de dentro do Governo. O Próprio Chefe do Executivo tem seu nome envolvido na Operação Quadro Negro, na lista de Janot da Lava Jato, e já responde a dois inquéritos no STJ, um relativo a conhecidíssima Operação Publicano e um mais recente, que apura fraudes no Porto de Paranaguá.

Quanto ao último episódio que envolve o Governador, o pedido de abertura de inquérito foi feito pelo vice-procurador-geral da República, José Bonifácio Andrada e, embora siga em segredo de justiça, as informações são de que há suspeitas de corrupção na concessão de licenças pelo Instituto Ambiental do Paraná. Beto Richa segue sua linha defensiva e declara ser “um absurdo” a inclusão de seu nome.

Respondo a ele que absurdo é vivermos em meio à lama que circunda a ilha Paraná. Afirmo que absurdo é ver o nosso Estado enfrentar todas as mazelas possíveis e impossíveis, para financiar um Governo que nenhum compromisso possui com sua população, um governo de negociatas.

O Paraná entra em declínio político, moral e econômico. A corrupção, entranhada no Centro Cívico vai fazendo suas vítimas, trazendo desemprego, fome, e até o fechamento de empresas.

E assim que segue o Paraná, com seu Governador citado em 4 grandes escândalos!

Não dá para termos um governo assim! Nós defendemos menos impostos, mais empregos, maior transparência, maior comprometimento com a causa pública. Queremos um Paraná limpo, um Paraná livre!

*Requião Filho é deputado estadual pelo PMDB do Paraná.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O piá de prédio não tem moral nenhuma pra falar do outro

  2. Interessantes os detalhes dessa foto:
    1) O funcionário atrás ao lado de “rixa”, coloca o capacete estrategicamente em frente
    ao rosto, para não aparecer na foto.
    2) O outro, atrás de “rixa”, também se posiciona de modo a não aparecer o seu rosto
    na foto.
    Ninguém quer queimar o filme.
    Fosse em épocas passadas, e todos dariam um jeito de perfilar as suas “belas” e
    sorridentes caras, ao lado do governador.
    “Talqualmente” o Requião pai, “rixa” está sozinho.