Por Esmael Morais

Lula: Moro não julga corrupção, mas “jeito de governar” do PT

Publicado em 29/04/2017

“Eles não querem me julgar por corrupção, mas o jeito do PT governar”, discursou o petista.

Segundo Lula, o juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dellagnol estavam “assistindo” ao seu discurso pela internet.

“O moro e o dellagnol estão assistindo o meu discurso”, disse.

Não é a primeira vez que Lula atribui à Lava Jato o desmonte da indústria nacional e o desemprego de mais de 14 milhões de trabalhadores.

Em agosto do ano passado, o ex-presidente já tinha colocado na conta de Moro a crise econômica do país durante evento com petroleiros.

Ao final no discurso, Lula disse que estava pedindo a Deus para fazer o depoimento no dia 10. “É a primeira vez que tenho a chance de dizer o que penso”.

Lula também disse que desejava que a Globo escolhesse logo seu candidato porque ele estava “louco de vontade” para derrotar o candidato da emissora.

O público entoava o grito de guerra “o povo não é bobo, abaixo a Rede Globo!”.