Coluna do Ricardo Gomyde: Rua, lei e cadeia para os entreguistas