Sobrou para o Bolsonaro

Publicado em 26 fevereiro, 2017
Compartilhe agora!

O ilegítimo governo Michel Temer (PMDB) coloca na conta do deputado Jair Bolsonaro (PSC) a greve de policiais no Espírito Santo.

Trata-se do início da campanha de desconstrução de “bolsomito” pelo aparelho estatal e pela mídia.

Até o sambódromo da Marquês de Sapucaí sabe que o “motim” de policiais militares capixabas e fluminenses foram início de uma convulsão social gerada pelo golpe, pelo desemprego, pela crise econômica, que pode voltar a estourar novamente em qualquer parte do país a qualquer momento.

A bronca contra Bolsonaro surgiu num relatório “parcial” da PF no dia 17 de fevereiro, divulgado neste sábado (25) pelo Estadão.

Na última pesquisa nacional, Bolsonaro ultrapassou Aécio Neves (PSDB) e ficou em segundo lugar na disputa pela Presidência da República.

Compartilhe agora!

Comments are closed.