“Richa quer matar mais um professor?”, questionam educadores

A distribuição de aulas para o Quadro Próprio do Magistério (QPM) está um verdadeiro caos em Curitiba.

O sistema de distribuição eletrônica das aulas está fora do ar, novamente, na atribuição para professores dos municípios vinculados ao núcleo regional.

No começo da semana, o caos também se estabeleceu na distribuição de aulas por escola na capital.

O Blog do Esmael obteve nesta sexta-feira (3) imagens exclusivas no Colégio Francisco Zardo, bairro Santa Felicidade. A muvuca começou às 8 horas e deverá se estender até às 18h.

“O governador Beto Richa quer matar mais um professor de AVC ou infarto?”, questionou uma professora que, por questões óbvia, não será identificada neste espaço. “É um desrespeito. É humilhante a situação de nossa categoria”, desabafou.

A professora se refere à morte de Maria de Fátima Girelli, de Curitiba, que morreu em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral. A APP-Sindicato colocou a culpa no governador do PSDB ao afirmar que o falecimento ocorreu em virtude de “alterações na distribuição das aulas divulgadas pelo governo do Paraná”.

Os professores reivindicam que a distribuição de aulas seja feita manualmente, mas, segundo informações preliminares, o governo do estado se nega fazê-lo.

A APP-Sindicato pede que os educadores façam registros do caos (fotos, vídeos, atas, etc) e encaminhem à entidade para as providências legais.

Na terça-feira (31), a Justiça derrubou critérios punitivos a professores na atribuição de aulas extraordinárias previstos na resolução 113.

Assista ao vídeo:

30 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Que drama, aff, que coisa chata, parece coisa de criança mimada, e aí querem fazer alunos obedecerem

  2. Ser professor já foi sinal de respeito, a atitude de determinados grupo contaminaram a categoria e hoje está muito difícil de acabar, pequenos grupos formados dentro das próprias escolas para defenderem interesses particulares , o objetivo das escolas ficou em segundo ou terceiro plano “ensinar as crianças”. A disputa interna pelo controle dos colégios desviou o foco da maioria das escolas, estes grupos criam normas e quem se opõe a eles é excluído . O NRE acompanha, mas tem dificuldade de observar tudo, pois os diretores omitem muitas informações. A sociedade (digo) os pais participam muito pouco das reuniões das escolas isso facilita os professores maus intencionado,eles ficam livre sem obrigação alguma. A sociedade precisa fiscalizar mais e denunciar os erros só assim teremos um Brasil melhor.

  3. Professora foi morta pelo governador com um AVC,
    D. Marisa foi morta por um juiz com um AVC,
    Com certeza no ano que vem o Prêmio Nobel de Medicina será dado para um brasileiro, que acaba de incluir na literatura médica a capacidade de um ser humano matar outro com um AVC…
    Aliás esse pessoal acredita de verdade nisso, quem não lembra do saudoso Hugo Chavez dizendo que os americanos estavam fazendo outros presidentes adquirirem câncer…

  4. Se fosse só em Curitiba dava-se um jeito. O problema tá acontecendo no Estado inteiro. Sem falar que são muitos professores completando padrão e poucas aulas. Boa parte por conta da redução da hora atividade.

  5. #Bora trabalhar……….
    O ano começou e tem funcionários de ferias ainda, porque para a maioria dos trabalhadores e 30 dias de férias……..

    • bEM INFORMADO EM FEDEGALLI, DA PRA SENTIR O CHEIRO E POR CONSEGUINTE DA ONDE VEM SUAS INFORMAÇOES, OU ERA PRA RIR!

    • Quem determina o início e o término do ano letivo, é a Secretaria (SEED). Entretanto, existe uma Legislação (Lei Federal que rege o calendário escolar), a qual determina um total de 200 dias letivos e 800 horas!

    • Caso você não saiba, professor pss só tem salário em março. não recebemos pelos o dias parados então não se enquadra toda a categoria.

  6. …nas universidades os professore são conhecidos como “DEUSES…”, ficam num pedestal, mandam de desmandam, neles mesmos,
    pois são eles a maioria em tudo, em CCs, nos conselhos, e são eles que fazem a gestão…para eles mesmo!

    eqto..os professores da rede de ensino básico do estado são tratado dessa forma!

    tá na hora de colocar tudo num mesmo patamar, professores devem ser tratados com respeito, assim como demais profissionais, nem como Deuses, pois não são, nem com descaso, pois educadores são os que dão formação ao cidadão.

    VAMOS MUDAR ESSA REALIDADE!!!

    LEIS PARA RESTRINGIR OS CCS, E MELHORAR A EDUCAÇÃO DO PAÍS.

    • DESSINDICALIZAÇÃO EM MASSA DO SINDICATO, DA CUT E DA CNTE.

      CRIAÇÃO DE UMA NOVA ASSOCIAÇÃO DE PROFESSSORESSSSSSSSS É POSSÍVEL E NATURAL DIANTE DOS FRACASSOS SUCESSIVOS.

      E PRONTO! COBRAR OS NOSSOS DIREITOS NA JUSTIÇA, REVENDO AS INJUSTIÇAS JUDICIALMENTE, POR QUE DO JEITO QUE TÁ QUANTO MAIS MECHE MAIS FEDE, GANHAMOS SÓ AULAS PARA REPOR.

      BRIGUINHAS E POLITICAGEM ENTRE GOVERNO E SINDICATO, PROFESSORES E ESTUDANTES NO MEIO PAGANDO O PATO.

      PARABÉNS, GOVERNO E SINDICATO. NÓS VAMOS NOS LIBERTAR!!!!

  7. O problema não são Os Professores…, o problema…, o problema real é o Lava-Jato…, e por tabela o Sergio Moro…

    Veja aqui:

    A cara não queima não, mané???

    Ser contra Juiz criminal fidedigno indica parceria, defensor passivo ou SIMPÁTICO de crimes, criminosos ou mesmo de organização criminosa. Dá até para ter como hipótese que tu faz parte da Organização Criminosa supracitada, pois “ficas com raiva do Juiz”…

    É isso que dá ser contra o Juiz Sérgio Moro…

    A cara não não queima, não?!!

    Overdose (súbita) de mortadela.

  8. Muitos professores possuem AVC permanente; AUSÊNCIA DE VERGONHA NA CARA!

    • NOSSA COMO VOCÊ É INTELIGENTE!!!!!!!! Os professores realmente não têm vergonha na cara, quem têm são os políticos, inclusive o seu patrão, aquele que você defende com fidelidade canina!

  9. E começam trabalhar quando? Já que os salários estão sendo pagos rigorosamente em dia graças aos altos impostos pagos pela população.

    • Porém, diferentemente de qualquer trabalhador, os funcionários públicos não receberam nem sequer o reajuste da inflação, de maneira que, os aumentos de impostos realizados pelo governo no ano passado, podem ter sido utilizados para qualquer coisa, menos para honrar a data base dos professores.

      • Então porque não entram com ação na justiça do trabalho? É mais cômodo a greve né? A população que se vire como puder.

        • entrar e não entrar na justiça da na mesma, ou alguém tem duvida que o Betinho colocou todos no bolso ( 3 poderes que se tornaram 1 só) com auxílios mordomias, que somente a benesse paga quase o salario de dois professores kkkkkkkkkkkkk
          Enquanto o povo rosna para os professores o Betinho vai fazendo as artes dele, colocando de vagarinho a cada dia na traseira dos paranaenses.

      • Já existe uma ação sobre esse assunto junto ao STF, para ser julgado pelo Ministro Luis Fux, inclusive tal processo já está respaldado por jurisprudência.

    • Pois é né. Quem sabe se vc tivesse estudado e passado num concurso público não estaria recebendo seu salário em dia também? Inveja também mata. Muito cuidado com isso.

      • Passar em concurso público pra ficar choramingando e implorando reajuste todos os anos? Agradeço, mas dispenso profe.

        • Kkkkkkkkkkk…bem assim. Esse deve ser um dos milhares que tentam todo ano e não consegue. Tadinho…nem sabe o que é lutar por seus direitos.

    • E você já recebeu o seu salario de puxa saco do patrão CODI,

  10. Sim. Ele quer matar se for possível todos. Aí os Rossonis e romanellis dariam aulas. Coitados dos alunos e do país que surgiria daí.