Requião Filho: novo ‘pacote de maldades’ de Richa será contra funcionalismo público

Publicado em 5 fevereiro, 2017
Compartilhe agora!

O líder da oposição na Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Requião Filho (PMDB), ao Blog do Esmael, disse neste domingo (5) acreditar que o novo ‘pacote de maldades’ que chegará esta semana àquela Casa será contra os servidores públicos do estado.

“O chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni (PMDB), que manda no governo, jura que não aumentará impostos, que o novo pacote não versará sobre economia, logo deduz-se que será mais um ataque ao funcionalismo”, opinou o líder oposicionista.

A onda de ataques contra direitos dos 300 mil servidores do estado — e especificamente contra os 100 educadores – teve início após a reeleição do governador Beto Richa (PSDB).

O massacre começou com o confisco da poupança previdenciária (aposentadorias e pensões), seguido de surra que deixou 213 feridos no Centro Cívico; aumento da alíquota de desconto da previdência; calotes em avanços e progressões; calote na data-base que reporia a inflação; redução da hora-atividade (fim de 7 mil vagas de professor); e punição aos mestres que ficaram doentes não lhes atribuindo aulas extraordinárias.

No próximo dia 11 de fevereiro, na cidade de Maringá, a APP-Sindicato realiza assembleia da categoria que deverá deflagrar greve por tempo indeterminado. Portanto, por culpa de Beto Richa, a tendência é que o ano letivo de 2017 não comece em 15 de fevereiro.

Compartilhe agora!

Comments are closed.