O Brasil à venda pela bagatela de 317 bi

“Governo de quinta categoria!”. Eis a definição de Gleisi Hoffmann (PT-PR), líder do partido no Senado, acerca do ilegítimo governo Michel Temer (PMDB).

A parlamentar se indignou neste sábado (18) ante a informação de que o golpe pretende vender o Brasil pela bagatela de R$ 371 bilhões.

A fórmula de venda dos ativos (patrimônio) dos brasileiros é muitíssima parecida com a que vendeu até ilhas da Grécia. Ou seja, o berço da democracia abriu mão de seu território e de sua soberania para garantir a especulação dos mais ricos.

Dito isto, Gleisi tem razão de protestar contra o que ela chama de “governo de quinta”. Aliás, ela foi muito gentil…

A proposta de Temer é vender as terras nacionais aos estrangeiros; desfazer-se do que sobrou do pré-sal; doar ativos às teles; restringir o crédito ao Minha Casa Minha Vida; antecipar concessões de pedágio e portos, etc.

Abaixo, leia o protesto de Gleisi Hoffmann:

UM GOVERNO DOS RICOS, PARA OS RICOS E PELOS RICOS

Governo prepara medidas que privilegiam os ricos para retomar investimentos e que entregam o Brasil para os interesses estrangeiros:

liberação do FGTS para aquisição de imóveis de um milhão e meio de reais, aumento da faixa de renda para 9 mil mensais na aquisição do Minha Casa Minha Vida, diminuição do conteúdo local para as licitações de petróleo e gás, venda de terras para estrangeiro, entrega de bens para as Teles pra aumentar banda larga, antecipação da renovação das concessões e mudanças na Lei dos Portos. Governo de quinta!

Essas propostas não trarão desenvolvimento, só mais concentração de renda e entrega de nossas riquezas

Comentários encerrados.