José Serra é o sexto ministro golpista a cair em 9 meses

Publicado em 22 fevereiro, 2017
Compartilhe agora!

O senador José Serra (PSDB-SP) não é mais o ministro das Relações Exteriores. Ele é o sexto ministro golpista a cair em 9 meses do governo ilegítimo Michel Temer.

Antes de Serra, foram defenestrados: Romero Jucá (Planejamento), Fabiano Silveira (Transparência), Henrique Eduardo Alves (Turismo), Fábio Medina Osório (Advocacia Geral da União) e Geddel Vieira Lima (Governo).

Oficialmente, José Serra alegou motivos de saúde. No entanto, o tucano vinha sofrendo com as delações na Odebrecht que o apontavam ter recebido propina de R$ 23 milhões em conta secreta na Suíça.

Paralelamente, o ex-ministro das Relações Exteriores colecionava derrotas importantes no plano diplomático. Ele era alvo de severas críticas no âmbito do Mercosul e dos países que considerava “bolivarianos” tais como a Venezuela.

Nesta semana, por exemplo, Serra levou uma “sabugada” na reunião preparatória do Parlasul — o parlamento do Mercosul — que contestou a exclusão da Venezuela do organismo regional.

Ouça o relato do senador Roberto Requião (PMDB-PR) sobre a “sabugada” em Serra:

Compartilhe agora!

Comments are closed.