Por Esmael Morais

Enfiou o Paraná na lama e foi viajar…

Publicado em 20/02/2017

O tucano pediu autorização nesta segunda (20) para se ausentar do país durante 15 dias.

Beto Richa não quis informar o destino dele entre 22 de fevereiro e 8 de março.

O pedido para a vacância ocorre ao tempo que o chefe da Casa Civil Valdir Rossoni (PSDB) é apontado pela Folha de S. Paulo como operador de esquema de corrupção no governo.

Especulações pululam pelo Centro Cívico:

1- Haverá testes da pré-temporada da F-1 em Barcelona, na Espanha, a partir de 27 de fevereiro.

2- Deixar Rossoni fritar em fogo brando.

3- Desvincular-se do escândalo da Quadro Negro.

Entretanto, não há roteiro conhecido da viagem “particular” do governador.

O informante Garganta Profunda deverá entrar em ação nas próximas horas para desvendar esse mistério.

Em breve novas notícias.