Por Esmael Morais

Carnaval no Paraná: “Volta, Requião!”

Publicado em 27/02/2017

Na manhã desta segunda-feira (27), mesmo no Carnaval, cerca de mil pessoas lotaram o teatro da Unioeste no município de Francisco Beltrão, Sudoeste paranaense, num seminário contrário à reforma da previdência (fim da aposentadoria).

Em discurso a pequenos agricultores, o senador Roberto Requião (PMDB) usou como figura de linguagem a doença num frango; o produtor pode até salvar o galinheiro, mas, se não prestar atenção no todo, perde a propriedade.

Requião quis dizer que não basta lutar apenas contra a reforma da previdência e trabalhista (precarização da mão de obra) se não houver um projeto de desenvolvimento nacional. “O agricultor pode salvar o frango e o galinheiro, mas certamente perderá a propriedade rural”, exemplificou.

Ao final da exposição, a plateia entoou por vários minutos um empolgado “Volta, Requião! Volta, Requião! Volta, Requião!”

“Vocês estão dispostos a tomar conta do governo do estado? Se vocês estiverem, eu estou também”, devolveu o parlamentar peemedebista.

Na última sexta-feira (24), Roberto Requião divulgou um vídeo oficializando sua pré-candidatura ao governo do Paraná.

“Desde já quero assumir a minha condição de pré-candidato ao governo do Paraná pelo nosso velho MDB de guerra”, anunciou.

O senador disse que está espantado com o nível de corrupção no estado e no país.

No vídeo, Requião trabalha o conceito “saudade” do eleitor paranaense quando garante que resgatará “aquela nossa política que garantia taxas baratas de água, energia elétrica e impostos baixos para o Paraná se desenvolver e gerar mais empregos”.