A caótica volta às aulas no Paraná; assista

Publicado em 15 fevereiro, 2017
Compartilhe agora!

O deputado Tadeu Veneri (PT-PR), líder da oposição na Assembleia Legislativa, denunciou nesta quarta-feira (15) o caótico retorno às aulas na rede pública do Paraná. As escolas não tiveram condições de iniciar o ano letivo de 2017.

O parlamentar disse que faltaram professores e funcionários no primeiro dia de aula.

“Os alunos ficaram no pátio sem que alguém os recebessem”, indignou-se.

O deputado lamentou a desorganização nas escolas: “Não teve professor para todas as disciplinas nem funcionários para a limpeza”.

Segundo Veneri, fruto da bagunça na distribuição de aulas, tem professor que precisa se deslocar em até sete escolas para completar a carga de trabalho.

“O governador Beto Richa tem a intenção de privatizar a educação pública e jogar os educadores para uma greve”, resumiu o líder oposicionista.

“O governador todo dia provoca os professores”, completou.

O Blog do Esmael também recebeu informações sobre falta de funcionários nesses estabelecimentos de ensino.

Em Curitiba, por exemplo, não tinha funcionários nas escolas para fazer atendimento ao público. Um pai de aluno ficou quatro horas numa secretaria esperando para sua vez.

A APP-Sindicato identificou centenas de escolas com dificuldades de inciar o ano letivo.

“Uma verdadeira tragédia anunciada pela APP-Sindicato há várias semanas. Tudo culpa de um governo que quer punir os educadores e insiste em mentir para a população”, afirma a entidade sindical do magistério.

Assista ao vídeo:

Compartilhe agora!

Comments are closed.