Assista: “R$ 4,25 é um assalto!”

Manifestantes ensandecidos marcham pelas ruas centrais de Curitiba, nesta noite, contra o aumento abusivo no preço do ônibus que saltou de R$ 3,70 para R$ 4,25.

“Mãos ao alto! Quatro e vinte e cinco é um assalto”, diz o grito de guerra da moçada contra a tarifa mais cara do país.

O protesto é seguido de perto por uma “escolta” da Polícia Militar.

Em discurso na Rua XV, os líderes apontaram o governador Beto Richa (PSDB) e o prefeito Rafael Greca (PMN) pela violência na passeata da última segunda (6).

Assista ao vídeo:

Comentários encerrados.