Mais três presos foram decapitados em Manaus na madrugada deste domingo

Publicado em 8 janeiro, 2017
Compartilhe agora!

Na madrugada deste domingo (8), mais três detentos sob a tutela do Estado foram decapitados em Manaus, capital do Amazonas.

O “acidente pavoroso” — para usar a expressão do ilegítimo Michel Temer — ocorreu às 3h (5h horário de Brasília) na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no centro de Manaus.

Só no estado do Amazonas, somam agora 59 mortos entre os apenados. Somados aos 33 de Boa Vista, Roraima, chegam a 92 detentos que perderam a vida em pouco mais de uma semana.

Temer, que calado é um poeta, anunciou 5 novos presídios para “resolver” a crise carcerária no país. Só que não.

A única solução para pôr fim à matança é a despenalização e o consequente esvaziamento das penitenciárias. Isto dar-se-ia pela descriminalização das drogas e proibição das prisões provisórias.

Mas o Diabo é que o sistema prisional brasileiro é um antro de corrupção e fonte de negócios que financiam campanhas eleitorais. Vide o caso da “Umanizzare”, a empresa privada que administra o presídio Compaj, em Manaus.

Compartilhe agora!

Comments are closed.