REDE quer afastar Renan

renan_moroO cargo de presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL) foi questionado nesta segunda (5) pela REDE no Supremo Tribunal Federal.

A REDE argumenta que Renan virou réu no STF, por isso não pode permanecer na linha sucessória.

O “fogo de barragem” do partido ocorre na véspera da votação do projeto que responsabiliza o abuso de autoridade de juízes e integrantes do Ministério Público e do envio, pelo ilegítimo Michel Temer (PMDB), do projeto que visa reformar [retirar direitos] a previdência social.

O Supremo ainda não concluiu a votação do julgamento da tese segunda a qual réus em ações penais não podem ocupar a Presidência da República.

Na semana passada, Renan virou réu numa primeira ação do STF em denúncia de peculato.

Comentários encerrados.