Gilmar Mendes fulmina Moro no Senado; acompanhe ao vivo

Publicado em 1 dezembro, 2016
Compartilhe agora!

mendes_moroO ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes e presidente do TSE, em discurso no Senado, nesta quinta (1º), fulminou o juiz Sérgio Moro no debate sobre o projeto de abuso de autoridade.

“Soube que, se você contratar o Sindicato dos Camelôs de São Paulo, consegue 300 mil assinaturas num dia”, disparou Mendes, ao referir-se à coleta de assinaturas para a lei de inciativa sobre as 10 medidas anticorrupção.

O ministro do STF afirmou ainda que “com toda honestidade intelectual, não compartilho da ideia de que esse não seria o momento azado para aprovar essa lei. Qual seria o momento?”.

Sobre a pressa na tramitação da lei de abuso de autoridade, Mendes apontou “concepção autoritária” nas 10 medidas anticorrupção pretendida pelo MPF.

Para Moro, o projeto de abuso de autoridade é para criminalizar a operação Lava Jato e a ele mesmo. “Por isso defendo o adiamento dessa discussão”.

“Com toda honestidade intelectual, não compartilho da ideia de que esse não seria o momento azado para aprovar essa lei. Qual seria o momento?”, perguntou Gilmar Mendes.

O relator do projeto, senador Roberto Requião (PMDB-PR), garantiu que não há pressa na tramitação porque a matéria é 7 anos atrás.

“A Lava Jato contratou uma agência de propaganda, do Paraná, a OpusMútipla, para acelerar a tramitação da lei sobre abuso de autoridade”, portanto, resumiu Requião, “a Lava Jato também pede pressa”.

A sessão temática ainda está ocorrendo. Assista ao vivo:

Compartilhe agora!

Comments are closed.