Prisão de policial que ‘sabe demais’ causa paúra no Palácio Iguaçu

richa_teles_foz“Caiu” o policial civil Ademilton Joaquim Telles, conhecido como Teles, preso ontem (29) em operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado na tríplice fronteira. A queda do moço causa paúra no terceiro andar do Palácio Iguaçu.

A prisão de Teles — um policial que sabe demais — deve-se às acusações de crimes de fraude à licitação, associação criminosa e falsidade ideológica no município de Foz do Iguaçu.

Telles já foi personagem no Blog do Esmael em março de 2015, portanto, há quase dois anos. Na época, ficou registrado que o fotógrafo Marcelo Tchello Caramori, o ex-assessor do governador Beto Richa (PSDB), também conhecido como “Taradão do Palácio Iguaçu”, entregou o policial que trabalha na fronteira com Paraguai e Argentina.

Até os quatis do Parque Nacional do Iguaçu sabem que Teles sempre foi o queridinho da família Beto Richa e atendia pessoalmente o governador e o lobista Luiz Abi Antoun nas incontáveis vezes que estavam em Foz. O policial civil tinha até uma viatura descaracterizada para passar para o lado do Paraguai e Argentina, sem ser incomodado pela fiscalização.

O medo do Palácio Iguaçu se justifica pelo interesse do GAECO em desvendar as intricadas relações do policial com delações pretéritas do fotógrafo ex-amigo de Richa. Além disso, o medo também é que o fio da Operação Publicano (corrupção na Receita Estadual) volte a ser puxado pela força-tarefa do Ministério Público do Paraná.

A Operação Publicano investiga o pagamento de propina a auditores da Receita Estadual do Paraná e sonegação de impostos por parte de empresários. O esquema teria causado prejuízo de R$ 1 bilhão aos cofres do governo do Paraná.

Em março deste ano, como desdobramento das investigações do GAECO, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) abriu investigação sobre envolvimento do governador Beto Richa no esquema de corrupção da Receita Estadual.

O tucano é o primeiro governador da história do Paraná a ser investigado por corrupção no STJ.

8 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. PARANAENSE,CALMA COMA PEC 55 O BRASIL VAI DAR CERTO,PARA ELES NÃO PRA NÓS ,NÓS SÓ FUMO ,OU SE MUDAMOS PRA cuba,CUBA VAI DAR CERTO ,FEDEL CASTRO ,MORTO.

  2. PARANÁ,BETO LIXO,DR,MORO,GAECO,PM ,PF ,MP EST MP FED.TUDU UMA MERDA SÓ. E NÓS OS BOBINHO QUE ACREDITAMOS NESTES TODOS…corruptos.

  3. PARANAENSE ,BURRO TU E ENTÃO CAVALO,VAI MORAR NO PARAGAI…OU COM OS HERMANOS,PRA QUEM VOTOU EM AÉCIO COMO TU ESPERA O QUE,VAI DIGITAR LÁ NA TENDA DIGITAL.

  4. Sou contra o Beto Lixo e toda sua política, mas essas chamadas sensacionalista do Esmael chega a dar ânsia de vômito. Tudo furado….. não acerta uma.

    • Também acho. Só perde dos chatos pobretões de direita que há meses vem dizendo que “da semana que vem o Lula não passa”. Mas há uma diferença: a intimidade de Richa com amigos já nem diria suspeitos,mas claramente envolvidos em crimes, é muito maior que a do Lula (se é que este tem alguma). Mas historicamente o Paraná sempre foi muito “tolerante” com políticos corruptos. A tal “república de Curitiba” não passa de uma lenda.

  5. Esmael, ele pode saber de tudo. Delatar, mostrar provas, tudo. Não dá nada. Brasil surreal. Nojo.

  6. Todos os poderes eram atendidos por ele. Se for o leva e trás pro Paraguai e Argentina, não da nada. Não tem nada de errado. Os fatos alegados são contratos… Dai já não falo pq não sei.

  7. Não dá nada