Por Esmael Morais

Presidente da ALEP foi notificado da suspensão da sessão nos fundos do plenário

Publicado em 24/11/2016

O tucano titubeou antes de receber a citação. Coube ao deputado Tadeu Veneri (PT) “puxar a orelha” de Traiano para que recebesse a liminar do Tribunal de Justiça.

O despacho foi assinado pelo desembargador Jorge Oliveira Vargas, que confirmou a mesma decisão que havia proferido antes segunda a qual a proposta do governador Beto Richa (PSDB), de adiar o reajuste por tempo indeterminado, fere o princípio da irredutibilidade dos vencimentos e o direito adquirido.

Vargas afirmou que o presidente do TJPR, Paulo Roberto Vasconcellos, não teria competência para cassar a liminar concedida na terça (22).

O presidente da Assembleia disse que vai recorrer da decisão. Apostando na derrubada desta nova liminar, ele já remarcou nova sessão para as 18 horas de hoje.