Por 33 votos a 18, ALEP vota projeto inconstitucional contra servidores do PR

alep_oposicaoA Assembleia Legislativa do Paraná atropelou a lei e a ordem para confirmar o calote de Beto Richa (PSDB) em 300 mil servidores públicos do Paraná.

Antes da votação, o deputado Requião Filho (PMDB), líder da oposição, cantou o resultado — 33 votos a 18 — e anunciou uma ação de inconstitucionalidade no TJPR.

O número “mágico” de 18 deputados (um terço), reunidos pela primeira vez, poderá garantir instalação de CPIs na ALEP.

O deputado Ney Leprevost (PSD) é o décimo oitavo elemento que faltava à oposição.

Abaixo, confira a explicação do parlamentar:

Comentários encerrados.