Por Esmael Morais

Sobe para 300 as escolas ocupadas no PR após governador declarar guerra aos estudantes

Publicado em 13/10/2016

Na noite de terça (11), eram 200 as escolas ocupadas em todo o estado do Paraná.

O tucano gravou um vídeo apelando para o diálogo com os estudantes, no entanto, sorrateiramente, ele pediu na Justiça a reintegração de posse das escolas. Richa havia jurado que não tomaria essa atitude enquanto conversasse com a União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES).

O governador mentiu, mas levou rapidamente o troco da presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas, Camila Lanes, que cravou em Beto Richa: “você rouba da construção das escolas para pagar sua campanha eleitoral”.

A líder estudantil prometeu ainda que “a cada escola reintegrada, duas [novas] serão ocupadas”.

Nesta quinta-feira (13), o governo do Paraná realiza seminários regionais para discutir com a comunidade escolar a desocupação das escolas. Entretanto, o tirou saiu pela culatra do tucano, pois os eventos se transformaram em palco de manifestação pelo “Fora Beto Richa”. Ouça o áudio da reunião no Canal da Música, em Curitiba: