Serra caiu na Lava Jato: Odebrecht pagou ao tucano propina de R$ 23 milhões em conta secreta na Suíça

serra_propina_odebrechtAgora só falta o ministro das Relações Exteriores José Serra (PSDB-SP) cair do governo golpista de Michel Temer (PMDB).

O tucano aparece na delação premiada da Odebrecht fechada esta semana com a força-tarefa da Lava Jato.

Serra recebeu R$ 23 milhões de propina em conta secreta na Suíça.

O modus operandi do ministro é o mesmíssimo do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) preso pelo juiz Sérgio Moro em Curitiba.

A Ordebrecht pagou os R$ 23 milhões de propina ao candidato tucano à presidência da República, em 2010, numa conta secreta na Suíça, pelo caixa dois.

Serra foi um dos principais articuladores do golpe de Estado que resultou no impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff (PT).

O tucano também é um dos responsáveis pela privatização do pré-sal e desmonte da Petrobras para transferir o petróleo brasileiro às petrolíferas estrangeiras (leia-se norte-americanas).

A queda de Serra, segundo todos os analistas políticos, é questão de horas.

Comentários encerrados.