Riso debochado de ministro da Saúde na aprovação da PEC 241 pode custar eleição de irmão em Maringá (PR)

ricardo_silvio_pec241De que lado estaria o ministro da Saúde Ricardo Barros (PP), que, pós-votação na Câmara, comemorou rindo a redução em 50% do orçamento para a pasta que dirige pelos próximos 20 anos? Evidentemente, do lado oposto do usuário do Sistema Única de Saúde – o maior plano de saúde público do mundo.

A aprovação da PEC 241, no início desta semana, expôs o descompromisso do ministro e do presidente ilegítimo Michel Temer (PMDB) com a vida dos brasileiros. Muitos poderão morrer por falta de atendimento no serviço público.

A Saúde e a Educação são atividades fins do Estado, portanto, o riso do ministro comprova seu desprezo pelos mais pobres e necessitados. Sua conduta já respinga na candidatura de seu irmão Silvio Barros II (PP), que disputa o 2º turno pela Prefeitura de Maringá (PR).

Por conta de sucessivas declarações do ministro, contra o SUS gratuito e outras barbaridades, o mano já ficou para trás nas pesquisas de opinião.

Lidera na cidade do Norte do Paraná o vereador Ulisses Maia (PDT), que pode pôr termo à dinastia Barros que comanda Maringá desde o fim dos anos 70 — com pequenos lapsos de tempo.

Ministros da Saúde que antecederam Ricardo Barros, é bom que se registre, independente mente de partido ou ideologia, sempre defenderam o caráter público do sistema, bem como brigaram com a parte econômica do governo por mais recursos ao setor. Portanto, o ministro do golpe, que não é e nunca foi da área da Saúde, é um ponto fora da curva – para azar do sofrido povo brasileiro.

27 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Não acredito que ainda tem imbecis que apoiam o delírio de Barros, os brasileiros foram muito estudados e observados para serem alvos de golpe e não conseguem mais ter uma vida ! Aquele que te dá o emprego é o mesmo que te cobra o aluguel. O crime e a violência só aumentam a crise já se instalou e desemprego dispara.
    Não muda muito pro Senhor Barros, a situação está tranquila já foi amigão do lula, aprovou a pec 241 que corta gastos da saúde e mente pra mídia que é apenas um teto mínimo pra garantir os repasses a saúde.
    Lambedores de saco da familia barros.
    A sua turma, Parreiras, e a turma do Temer, que é a mesma turma do Cunha, se merecem. Mas lá na frente farão parte do lixo da história.

  2. Censura babaca de comentarios

    • Não acredito! Guy, você consegue escrever coisas ainda piores do que os comentários divulgados? Guy, você é muito ruim!

      • kkkkkkk!!!
        Puseram o Temer lá e agora ficam enchendo o saco! E o Barros é brother do Lula! Santa enrascada Batman!

        • Quem enche o nosso glorioso saco é você e sua subserviência ao império americano. É claro que seu servilismo no fundo não passa de bobagem de colono, ou melhor, de colonizado. Conviver com figuras tão desacreditados é o preço que pagamos para que a democracia sobreviva. Ok, guy, manda suas bobagens e aumentará a audiência do blog.

  3. Vamos separar em duas partes:
    1) Se a família Barros fosse varrida da política, seria um ganho para o estado para o país.
    2) A saúde no país é mal tratada, o serviço prestado ao cidadão é ruim e os 13 anos da seita no poder não mudaram este quadro. Portanto, culpar os outros é só repetição da gritaria petista do “quanto pior melhor”.

    E só para lembrar, o ilegítimo é golpista foi eleito por vocês. Da próxima vez, que espero que não aconteça, escolham melhor, se vendam por mais.

  4. PELO FIM E SEPULTAMENTO POLITICO DA DINASTIA BARROS EM MARINGÁ!!!!

  5. O POVO DE MARINAGÁ TEM QUE COMEÇAR A TOMAR VERGONHA NA CARA!!!! TAÁ FICANDO FEIO DEMAIS!!!

  6. Redesgoto manda trouxinha trabalhar em 2 empregos.em reportagem que faz apologia ao escravocratismo.a mae que tera que fazer um bico por fora pra pagar creche diante da ausência do poder público a serviço de banqueiro vagabundo falido e calar se diante da aprovação da pec mata povo.e um reconhecimento público que isenta o estado de gerar mais empregos e o povo que se vire sem dispor de tempo pra familia.

  7. Enfim o governo achou um meio tirar dos brasileiro os 3% que queria por meio da CPMF… por meio do AUMENTO da contribuicao ao INSS e como os funcionários publicos dos estados vão ficar de fora e isto é inadmissivel!!! está também querendo muda-los para o INSS.
    É bem possível que os governos estaduais concordem porque burro sem visão tem em todo lugar!!
    E aí o governo federal terá mais dinheiro em caixa para ser roubado!!!
    PORQUE O PRESIDENTE NÃO OBRIGA TODOS OS LADROES A DEVOLVEREM O QUE ROUBARAM??????
    PORQUE ELE “TEMER” TAMBÉM TERIA MUITO A DEVOLVER!!!!
    Se estamos na m… é por causa deles!! E agora vamos ter que pagar mais esta conta.

  8. E vejam os que estavam ao redor dele fazendo coro…………………., uma autêntica

    malta……………….!!!!!

    Não possuem nenhum compromisso ou mesmo sentimento minimamente nobre

    com os mais Humildes…………………..!!!!!! Um dia quem sabe, nós ou futuras

    Geracões irão à forra…………………!!!

  9. Os caranguejos se preocupando com o riso de um ministro do Temer que antes, líder dos governos Lula e Dilma era aplaudido, enquanto uma terceira bronca é acrescida à folha corrida do homem mais honesto do Brasil. Tsk…tsk…

    • Então fique feliz, Parreiras, porque agora os que estavam ao lado dos governos Lula e Dilma passaram para o lado de seu partido, o PSDB, partido derrotado nas eleições presidenciais. Que edificante é essa união de um grupo que perdeu as eleições mas chegou ao governo por se associar a um traidor. Mas uma coisa é pura verdade: os antigos aliados do PT nunca foram obrigados a votar em leis como as propostas pelo governo golpista. Hoje, se querem manter alguma sinecura no governo, têm de votar na PEC 241, tem de defender a falsa reforma no ensino médio, têm de ferrar os mais pobres, os aposentados e os estudantes. A sua turma, Parreiras, e a turma do Temer, que é a mesma turma do Cunha, se merecem. Mas lá na frente farão parte do lixo da história. Se você viver até lá, verá. E por anda o Pé Vermelho CWB, tem alguma notícia dele? KKKKK

      • Você está mal informado. Eles não passaram para lado nenhum, ficaram com o vice eleito por vocês. E antes, vocês faziam os deputados votarem na base do din din, mensalão para os íntimos. Espero que o Temer, vice do PT, tenha abolido esta pratica.
        Ah, e quem ferrou os pobres foi o PT, durante 13 anos de populismo barato cuja conta chegou. O resultado das eleições mostrou que o povo percebeu isso é praticamente eliminou o PT do mapa político. Vai dormir cidadão.

        • Xiiiiiii! Parreiras, que “advogado” fraquinho que apareceu! Os “argumentos” do energúmeno não resistem a uma planilha do IBGE ou do Ipea referente aos anos do PT no governo federal. Mais um devoto do Temer e do Beto Richa a nos encher o saco. É o preço da democracia…

      • Zé Pelintra – apelido adequado – derrotado nas eleições em que condições?
        Esquece o estimado que o primeiro político a ser recebido em audiência por Lula, foi justamente Collor de Melo?
        Mais os demonizados ex-presidente Sarney e Paulo Maluf – ou se esquece daquela foto histórica, os dois no jardim da casa do Maluf.
        E quem disse para usted que Temer é objeto da minha simpatia. Finalmente, os petistas nunca foram obrigados a votar, votavam por música sob a batuta do maestro LILS.

    • Sr. Parreiras, caranguejos são os golpistas que estão no governo. Defendem “novidades” que vão levar o Brasil para o período que antecedeu a aprovação da chamada Constituição Cidadã. Se o senhor deixar de ser, por um lapso de tempo, o defensor fundamentalista do presidente Temer como se apresenta em seus comentários, entenderá as palavras do colunista Elio Gaspari: “Para que a PEC dos gastos públicos seja eficaz, ela precisa ter dentes afiados e disposição de morder preferencialmente PARA CIMA (destaque meu)”. O riso do ministro do governo que o senhor apoia tão ardorosamente acontece exatamente porque a mordida da PEC 241 vai na jugular dos de baixo. E citei o Elio Gaspari porque ele está muito longe de ser petista ou de ser opositor ao governo de Michel Temer.

  10. Quando não se tem o que escrever, coloca uma merda dessas.

  11. Se fosse só riso passaria essa família barros pensa que manda no paraná e no brasil.

    • Enfim o governo achou um meio tirar dos brasileiro os 3% que queria por meio da CPMF… por meio do AUMENTO da contribuicao ao INSS e como os funcionários publicos dos estados vão ficar de fora e isto é inadmissivel!!! está também querendo muda-los para o INSS.
      É bem possível que os governos estaduais concordem porque burro sem visão tem em todo lugar!!
      E aí o governo federal terá mais dinheiro em caixa para ser roubado!!!
      PORQUE O PRESIDENTE NÃO OBRIGA TODOS OS LADROES A DEVOLVEREM O QUE ROUBARAM??????
      PORQUE ELE “TEMER” TAMBÉM TERIA MUITO A DEVOLVER!!!!
      Se estamos na m… é por causa deles!! E agora vamos ter que pagar mais esta conta.