Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Richa ‘ferra’ aliados no 2° turno em Curitiba, Ponta Grossa e Maringá

richa_greca_rangel_barrosO governador Beto Richa (PSDB) é o aliado que ninguém quer por perto, também neste segundo turno, no Paraná, pois seus índices de reprovação ultrapassam os 90%. É o mais mal avaliado da América Latina.

No Paraná, três cidades realizarão novas eleições em 30 de outubro: Curitiba, Ponta Grossa e Maringá. Em ambas o tucano tem seu candidato de preferência: Rafael Greca, PMN, Marcelo Rangel, PPS, e Silvio Barros II, PP, respectivamente.

Na capital, a percepção de que Richa ferrou o aliado Greca se materializa na pesquisa do Instituto Opinião, divulgada hoje (11) pela BandNews FM. A liderança da corrida é de Ney Leprevost (PSD).

Na primeira etapa eleitoral, o tucano já havia ficado atrás do toco, mas agora, com a iminência de todos os servidores públicos entrarem em greve e todas as 2,1 mil escolas serem ocupadas pelos estudantes, Richa pode chegar a 100% de rejeição. Algo inédito na política mundial.

Some-se a isso tudo a denúncia de que o governador Beto Richa teve a campanha de reeleição financiada com recursos desviados da educação, segundo a Operação Quadro Negro.

Comentários desativados.