Por Esmael Morais

“Os tiozinhos do MBL merecem cadeia”, diz deputado do Paraná

Publicado em 24/10/2016

“São tiozinhos do MBL, de 25, 30 e 40 anos, merecem cadeia. Não fazem parte da comunidade escolar, são fascistas, não podem amedrontar e fazer assédio sexual de meninas e meninos”, denunciou Tadeu, que é membro da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia.

“Ou o governador Beto Richa age com firmeza ou será conivente com esses tiozinhos criminosos do MBL”, disparou o parlamentar, que pediu providências ao Ministério Público, Conselho Tutelar e Defensoria Pública.

Os estudantes ocupam mais de 900 escolas da rede pública no estado contra a MP 746 (reforma do ensino) e PEC 241 (congelamento dos investimentos na educação).

Professores e servidores de 2,1 mil da educação básica também estão em greve há uma semana, pois, de acordo com a pauta, o governador quer dar calote na data-base da categoria — que prevê reposição da inflação.

Além da educação básica, as sete universidades estaduais e a Polícia Civil também estão em greve.