Defensoria Pública derruba liminares de Beto Richa que reintegravam escolas ocupadas no Paraná

defensoria_escolas_richaO governador Beto Richa (PSDB) sofreu uma dura derrota nesta sexta (14), pois teve as 13 liminares de reintegração de posse de escolas ocupadas no município de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, cassadas pela Defensoria Pública do Paraná.

O Ouvidor-Geral da Defensoria, Gerson da Silva, explicou que a reintegração de posse das escolas de São José dos Pinhais foi suspensa pelo Tribunal de Justiça do Paraná, após a Defensoria Pública ingressar com Agravo de Instrumento — em virtude de iminente dano a direitos dos estudantes.

A decisão favorável à Defensoria no TJPR coube ao juiz substituto Guilherme Frederico Hernandez Denz.

O defensor público afirmou ainda que decisões de juízes das comarcas no interior do estado, todas elas, tem sido padronizadas no sentido de não conceder a reintegração de posse porque as escolas continuam abertas à comunidade. “Não se trata de emitir juízo de valor, mas o que a Defensoria propõe é que o diálogo resolva o impasse, nunca a violência policial”, completou Gerson da Silva.

Abaixo, leia a íntegra da decisão do TJPR que suspendeu as reintegrações de posse:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2016/10/Decisão-Agravo.pdf

Comentários encerrados.