Greca intensifica ataques contra Ney de olho no Ibope, que hoje divulga pesquisa em Curitiba

greca_ney-600x300Uma nova pesquisa do Ibope motivou o candidato do PMN à Prefeitura de Curitiba, Rafael Greca, intensificar os ataques contra o adversário Ney Leprevost, do PSD, em todas as frentes possíveis e imagináveis.

O instituto divulga na noite desta sexta (21) nova sondagem com 805 entrevistas.

A pesquisa foi comprada por R$ 55.204,46 pela RPC TV/Gazeta do Povo — grupo de comunicação aliado de Greca e do governador Beto Richa, do PSDB.

Nas últimas horas, a campanha de Greca inundou a cidade com propaganda anticomunista visando atingir a aliança de Ney com o PCdoB e, consequentemente, galgar alguns pontinhos no iBeto, ops, no Ibope.

Segundo o Instituto Opinião*, Ney lidera a corrida 54% dos votos válidos ante 46% de Greca.

A tática do candidato de Beto Richa é de alto risco e pode bater na trave, pois os ataques também poderão elevar sua taxa de rejeição entre o eleitorado.

Por outro lado, Ney Leprevost comete um erro estratégico ao passar recibo e validar uma estratégica fascista, que é criminalizar um partido político que tem registro legal e uma extensa lista de luta, em quase 100 anos de existência, em favor da democracia no país.

Em qualquer pesquisa na padaria da esquina, o marqueteiro levantaria facilmente que Richa é mais pernicioso para Greca do que o PCdoB o é para Ney. A lista de maldades e estragos no tucano é algo digno de Guiness Book.

Portanto, candidato do PSD cai como pato na armadilha do adversário ao deixar de discutir o essencial para responder uma provocação tonta, infantil até, coisa que nem grêmio estudantil faz.

*A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número de identificação PR-01761/2016.

Comentários encerrados.