Em nota, APP-Sindicato lamenta morte de adolescente em Curitiba

richa_safelA morte de um adolescente no Colégio Estadual Santa Felicidade, o SAFEL, em Curitiba, gerou comoção entre professores e estudantes. Mas também produziu protestos contra a tentativa do governador Beto Richa (PSDB) de, oportunisticamente, criminalizar o legítimo movimento de ocupação de 900 escolas no Paraná. A APP-Sindicato lançou nota sobre o caso:

“Infelizmente neste momento triste, surgem tentativas de criminalização do movimento legítimo dos estudantes e vinculação do sindicato ao episódio”, diz um trecho da nota.

APP-Sindicato lamenta morte de adolescente em Curitiba*

A APP-Sindicato, que representa os trabalhadores em educação das escolas públicas do Paraná, se solidariza a família e ao movimento dos estudantes pela morte de um adolescente na tarde desta segunda-feira (24) no Colégio Santa Felicidade, em Curitiba.

Infelizmente neste momento triste, surgem tentativas de criminalização do movimento legítimo dos estudantes e vinculação do sindicato ao episódio. A APP-Sindicato repudia tais ações. Assim como a sociedade paranaense, esperamos a apuração do caso pelos órgãos competentes.

Segundo informações do movimento Ocupa Paraná, “não há nenhuma informação concreta sobre a motivação dessa morte e também nenhuma informação repassada aos mais de 10 advogados do movimento que estão proibidos de entrar no local para dar suporte aos outros estudantes da ocupação que estão lá dentro com a polícia civil”.

*Direção estadual da APP-Sindicato*

Comentários encerrados.