Com histórico de erros, Ibope divulga hoje pesquisas em Curitiba e Londrina

ibope_2016Há quatro anos, o Ibope errou todos os prognósticos que fez nas eleições municipais de 2012 no Paraná. Esses palpites furados não constrangeram o instituto que, neste sábado 1º, divulga números sobre a corrida pelas prefeituras de Londrina e Curitiba na véspera da votação.

Segundo o TSE, o Ibope concluiu hoje 1001 entrevistas na capital paranaense com margem de erro de 3%. A pesquisa foi comprada pela RPCTV (Globo) pelo valor de R$ 68.653,72.

Já a sondagem acerca da disputa em Londrina, Norte do Paraná, ouvirá 805 eleitores. A pesquisa também foi adquirida pela RPCTV (Globo) pelo valor de R$ 55.211,08.

Curiosamente, o Ibope tem como principal cliente no Paraná o governador Beto Richa (PSDB), isto é, os órgãos públicos do estado. Fatura os tubos em cima do erário. Por isso, o instituto também é conhecido entre os paranaenses como “iBeto”.

Voltemos a 2012.

Na eleição de 2012, o Ibope errou feio em praticamente todas as pesquisas. Em Curitiba, por exemplo, dizia que o atual prefeito Gustavo Fruet (PDT) não iria para o segundo turno. A realidade o desmentiu. Não só foi como ganhou a disputa. Quem ficou para trás foi o então prefeito Luciano Ducci (PSB), que conseguiu avançar para a segunda etapa eleitoral.

Também fez um papelão na eleição de Foz do Iguaçu. Divulgou que Chico Brasileiro, hoje no PSD, venceria Reni Pereira (PSB) — que foi eleito, acabou preso e afastado do cargo por corrupção.

O Ibope foi alvo de uma CPI na Assembleia Legislativa do Paraná.

Comentários encerrados.