Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Com arco e flechas, indígenas fazem ministro da Saúde “afrouxar a tanga” e recuar de maldades; assista aos vídeos

O ministro da Saúde Ricardo Barros (PP) foi alvo nesta quarta (26) de manifestações de indígenas em todo o país. Em Maringá (PR), onde o irmão do ministro, Silvio Barros II (PP), disputa o segundo turno, houve protesto e muita confusão em frente ao escritório político da família.

Com arco e flechas em punho e pintados para a guerra, os povos indígenas fizeram o ministro dos planos de saúde “afrouxar a tanga”, isto é, revogar a portaria 1907/2016, editada há uma semana, que retirava a competência ara a gestão financeira e orçamentária da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai).

indigenas_barros

Barros também revogou a portaria 2141/2016, que revalidava a autonomia da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e dos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI’s).

A movimentação dos povos indígenas no centro de Maringá chamou a atenção e, com certeza, foi uma “ajuda” do ministro — a pá de cal — para enterrar a candidatura do irmão que tenta voltar à Prefeitura depois de 8 anos.

Veja a movimentação contra Barros em Brasília:

Comentários desativados.