Verissimo vaticina: “Ou socialismo ou barbárie”

verissimo_socialismoÀs vésperas de completar 80 anos de idade, o escritor Luis Fernando Verissimo diz que a escolha continua sendo entre socialismo e barbárie.

“Penso que cedo ou tarde as pessoas se darão conta de que a escolha continua sendo entre socialismo e barbárie”, diz Verissimo que, em outubro, ganhará uma antologia com suas frases mais memoráveis, selecionadas pelo publicitário e jornalista Marcelo Dunlop.

Amanhã, dia 26 de setembro, o escritor completará 80 anos lamentando um retrocesso e alinhando-se entre os creem que houve no Brasil um golpe, ele se diz “desiludido porque o socialismo não está exatamente em alta”.

À repórter Amanda Nogueira, da Folha, Verissimo ensina que a sátira tem força política porque, geralmente, os regimes repressivos têm medo do ridículo.

“O que a sátira e o jornalismo de opinião devem cultivar é essa recusa de reverenciar o que quer que seja, salvo a liberdade”, completou.

Parabéns, Verissimo! Pela vida e pelo conjunto da obra!

Comentários encerrados.