Temer vai aumentar a jornada de trabalho para 12 horas e 70 anos para aposentadorias

temer_globoQuando o presidente da Confederação Nacional da Indústria disse ao ilegítimo Michel Temer (PMDB), em julho, que a jornada ideal seria de 80 horas semanais para os trabalhadores ele não estava blefando.

Depois de derrubar a presidente eleita, o governo usurpador prepara o grande golpe contra os trabalhadores brasileiros. A medida chegará, primeiro, com o aumento da jornada de 8 para 12 horas, depois a elevação para 70 anos a idade de aposentadoria.

Assustado com a repercussão da retirada de direitos, Temer mandou os ministros recuarem temporariamente das propostas. No entanto, isso não significa desistência em ferrar os trabalhadores. Pelo contrário. O ideal é chegar à jornada de 80 horas semanais, segundo ordenou a turma do sistema S.

Não foi por falta de aviso de que o golpe contra Dilma Rousseff, na verdade, seria um golpe contra os direitos dos trabalhadores e do povo brasileiro. Definitivamente, não foi por falta de aviso…

Comentários encerrados.