Requião Filho vai pedir a impugnação da candidatura de Greca

greca_seed_requiaoO candidato a prefeito de Curitiba pelo PMDB, Requião Filho denunciou neste sábado (24), pelo Twitter, o transporte de servidores comissionados do governo estado para fazer campanha do adversário Rafael Greca (PMN). Por isso, o peemedebista diz que vai pedir a impugnação da candidatura do “laranja” do governador Beto Richa (PSDB).

Segundo informou Requião Filho, o ônibus placas ATY 7221 saiu coalhado de servidores comissionados, em frente da Secretaria de Estado da Educação, para fazer campanha na capital paranaense.

O senador Roberto Requião (PMDB) afirmou que, numa consulta ao Senasp, a placa do ônibus é fria. “É a placa de um Honda vermelho do município de Marechal Cândido Rondon”.

Pelo Twitter, o candidato do PMDB também alertou o Tribunal Regional Eleitoral: “Atenção @treprjusbr este ônibus acabou de sair da frente da SEED cheio de comissionados para fazer campanha.”

“A minha coordenação jurídica já está analisando o caso. Se configurado o uso da máquina pública para fazer campanha, que acho que aconteceu, entrarei com pedido de impugnação da candidatura de Beto Richa, isto é, de Rafael Greca”, adiantou Requião Filho.

Greca diz que vomitou ao sentir cheiro de pobre

Greca virou alvo de todas as campanhas adversárias ao dizer na quinta (22), durante sabatina na PUCPR, que vomitou ao sentir cheiro de pobre. O candidato foi à TV 24 horas depois pedir perdão pela fala, mas, pelo jeito, o estrago é bastante grande e pode comprometer a ideia de fechar a eleição já no primeiro turno.

Segundo o último Ibope*, divulgado pela RPCTV (Globo) no dia 19 de setembro, Greca lidera a corrida eleitoral com 45% das intenções de voto, seguido pelo prefeito Gustavo Fruet (PDT), que tem 16%, e Requião Filho, com 8%.

Na contagem de votos válido, segundo o instituto, Greca venceria com 52% no primeiro tuno.

*O Ibope ouviu 805 eleitores da capital entre os dias 15 e 18 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de três pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) sob o protocolo PR-01610/2016.

Comentários encerrados.