O que muda com Carmén Lúcia na presidência do STF? Absolutamente nada

globo_stfO Supremo Tribunal Federal continuará golpista com a ministra Carmén Lúcia. Portanto, nada mudará.

Ela substituirá o ministro Ricardo Lewandowski, que pilotou o golpe de Estado de 31 de agosto presidindo a sessão do Senado.

A nova presidenta do STF, na véspera da votação do impeachment de Dilma Rousseff, em março, recebeu da Globo o ‘Prêmio Faz Diferença’, em badalado evento no hotel Copacabana Palace (Rio de Janeiro).

Antes, porém, também foram agraciados com o “prêmio” o então ministro Joaquim Barbosa (Mensalão) e o juiz federal Sérgio Moro (Lava Jato).

Ou seja, a Globo continuará pautando o Supremo.

A posse de Carmén Lúcia, para continuar a obra pós-golpe, será às 15h desta segunda-feira (12).

Comentários encerrados.