Líderes mundiais deixaram Temer falando às moscas na ONU; assista ao vídeo

Houve debandada no plenário da ONU durante a fala do golpista Mr. Fora Michel Temer (PMDB), nesta terça (20), na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

Equador, Costa Rica, Bolivia, Venezuela, Cuba, Nicaragua e outros se retiraram em boicote ao golpe de Estado ocorrido no Brasil em 31 de agosto.

O presidente dos EUA Barack Obama anfitrião do evento que deveria discursar logo após o golpista deu uma driblada no protocolo e falou depois do presidente do Chade.

Temer mentiu feio sobre o número de refugiados no Brasil. Ele falou aos líderes mundiais que seriam 95 mil, mas, de acordo com o Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), são apenas 8,8 mil.

O ilegítimo Temer também mentiu sobre o golpe de Estado ao dizer que o impeachment de Dilma Rousseff “transcorreu dentro do mais absoluto respeito à ordem constitucional”, pois, nesse caso, as ruas estão aí para desmenti-lo todos os dias.

fora_temer_onu

Imagens Telesur e informações do Jornalistas Livres.

Comentários encerrados.