Por Esmael Morais

Em nota, centrais condenam Greca por dizer que “vomitou ao sentir cheiro de pobre”

Publicado em 23/09/2016

CENTRAIS SINDICAIS DO PARANÁ REPUDIAM DECLARAÇÕES DE PRECONCEITO E DESRESPEITO DE RAFAEL GRECA CONTRA POBRES

As centrais sindicais Central dos Trabalhadores e Trabalhadores Brasileiros (CTB), Central Sindical e Popular (CSP-Conlutas), Força Sindical do Paraná e União Geral dos Trabalhadores (UGT) e Central Única dos Trabalhadores (CUT) vêm a público repudiar a declaração desrespeitosa e infeliz dada pelo candidato a prefeito em Curitiba Rafael Greca, na última quinta-feira (23), em sabatina na PUC.

Ao afirmar “eu nunca cuidei dos pobres, eu não sou São Francisco de Assis, até porque a primeira vez que tentei carregar um pobre, dentro do meu carro, eu vomitei por causa do cheiro”, o candidato promove um desserviço ao debate público e estimula o preconceito e o acirramento da divisão política pela qual passa o Brasil, divisão essa que tem ajudado a levar a economia à derrocada, custando muitos empregos, reduzindo a renda e ampliando o número de pobres.

Não é com afirmações preconceituosas e desrespeitosas que vamos construir um Brasil unido em torno de um necessário e urgente entendimento nacional.

Os 2,5 milhões de trabalhadores e trabalhadoras que representamos no Estado do Paraná exigem respeito, políticas sérias e um imediato pedido de retratação por parte do candidato. Queremos propostas concretas voltadas à retomada da economia e à geração de empregos, e não fanfarras irresponsáveis e zombarias infelizes feitas em cima do agravamento da crise econômica e do número de pobres em nosso País.