Delegados ‘abrem fogo’ contra secretário de Beto Richa na Segurança Pública do Paraná

richa_policia_criseA Associação dos Delegados do Paraná (Adepol) ‘abriu fogo’ esta semana contra o secretário de Estado da Segurança, Wagner Mesquita, indicado para o cargo pelo antecessor Fernando Francischini (SD), em mais uma crise na área da segurança. Em documento, os policiais pedem a cabeça do titular da pasta (leia abaixo).

O governador Beto Richa (PSDB) recebeu a carta da Adepol denunciando a interferência do secretário nas investigações da polícia judiciária (Polícia Civil), que culminou no indiciamento do comandante-geral da Polícia Militar (PM), coronel Maurício Tortato, no caso da recauchutagem de coletes balísticos para os policiais.

As entidades policiais acusam o secretário de “desprestigiar” o trabalho da polícia judiciária e do Ministério Público, criando instabilidade e racha nas categorias.

Para a Adepol, é fundamental que o secretário seja demitido do cargo para restabelecer a normalidade na segurança pública do Paraná.

“Agindo assim, o sentimento comum entre os delegados de polícia do Paraná é que o secretário perde a isonomia, respeitabilidade e altivez para a continuidade no cargo”, diz um trecho do documento encabeçado pelo delegado João Ricardo Keppes de Noronha.

Leia a íntegra do documento:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2016/09/adepol_carta.pdf

11 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Segurança pública, sempre envolvida em questões políticas, não deveriam misturar as coisas, uma pasta tão importante, instituições que com todas dificuldades fazem o que não podem por todos nós cidadãos, usam esses policiais para interesses diversos, claro que no aspecto interno e eles tem mecanismos para isso, separam funcionalmente o trigo do joio, mas no contexto político que desgaste que não levará a nada, até podemos jogar, haverá alguma mudança.

  2. A PM não precisa de colete novo pra bater em professoras e estudantes. O equipamento do choque é caro. Então a civil fica sem.

  3. segurança da mesmo pra ver a preocupação deste Desgoverno mentiroso asqueroso ,as promessas politicas golpistas e canalhas ,pra quem um dia fez duras criticas quando Delazari era secretário de segurança ,polo visto beto lixo caga e santa encima e pensa que e almofada macia.e para piorar fez promessa 2 duas vezes que iria contratar 10.000 mil novos policias.alem disso para piorar os carros da tal marca ????????? ,fazem finas nas oficinas ,para a manutenção que dura 6 meses,vergonha,mais do que vergonha justiça sega e acovardada vergonhoso.

  4. este desgovernador lixo não podemos mais do que isso,beto quando você vai nos da alegria ,pelo visto só quando sair ,ou quando MORRER.

  5. O PSDB nao pode continuar ususfruindo das benecies da maquina publica ao seu bel prazer.isso nao pode ficar restrito ao PR,o maior estado da uniao precisa explicar os envolvimentos de tantos promotores e juizes que praticam total seletividade nas denuncias apuradas contra a educaçao.as eternas obras ferroviarias que escancaram a incompetencia do governo tucanalia repleto de obras mal feitas e abandonadas.os prejuizos da sabesp que se traduz em rodizios de desculpas transferidas e apoiada pela grande midia oportunista do esgoto a ceu aberto televisivo.

    • Fique ligado na cartilha do PSDB. Em SP os fiscais do ICMS, esta semana, representaram o governador por uma contabilidade estranha em que o Secretario abre uma empresa em sociedade com o Estado. Faz se umas transferências de modo a maquiar e diminuir o rombo orçamentário futuro, se li direito. São numeros de bilhões. Se reencontrar o arquivo coloco aqui.

      O que estranhei é a parceria com o estado sem ser SA e por ser uma pessoa só,e ainda sendo o secretario da Faz.

  6. DIREITA NO PODER…………..ELES SE ENTENDEM……………..

  7. Interessante a teoria Dunnyng Kruger.

    É a base cientifica do comportamento dos marchadores do golpe na Paulista e que se espalhou depois.

    Achar que estavam certos facilitou a vida dos cavalgadores: os banqueiros, a FIESP e os ricos.

    • Sim, mas Doroty Taylor, na obra “Trocando as Ferraduras da Esquerda”, abordou o assunto por outro lado, mostrando o domínio intelectual de uma minoria da elite esquerdista sobre país mandados acéfalos.

    • Oh Mary, do que você esta falando, mesmo?
      Qual o nexo do seu comentário com esse post em questão?
      O que o rabo da lagartixa tem a ver com a barbatana do tubarão?
      Esmael, pelo que vi desses 6 comentários, ninguém leu a sua
      matéria.
      Não importa o assunto, eles comentam qualquer coisa.

    • Oh Mary, do que você esta falando, mesmo?
      Qual o nexo do seu comentário com esse post em questão?
      O que o rabo da lagartixa tem a ver com a barbatana do tubarão?
      Esmael, pelo que vi desses 6 comentários, ninguém leu a sua
      matéria.
      Ninguém tá nem aí para o drama dos policiais.
      Não importa o assunto, eles comentam qualquer coisa.