Temer cria força-tarefa para salvar Cunha

gilmar_cunha_globo_temer_renanO interino Michel Temer (PMDB) criou uma força-tarefa para salvar o mandato do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Entre almoços e jantares que envolvem o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o ministro do STF Gilmar Mendes, a ordem é antecipar o julgamento do impeachment de Dilma Rousseff para salvar o “parceiro” de golpe.

Explica-se: se a cassação do mandato sair antes do impeachment, Cunha ameaça entregar as estripulias de Temer e do PMDB; ou seja, ele pode detonar a “República Provisória” ou “República de Ladrões” como os jornais estrangeiros denominam o governo provisório.

A crise se agrava também na Câmara, que, diferente do que se imaginava, o novo presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) nada conseguiu votar de importante para o governo na volta do recesso. Isto é prova concreta que Cunha ainda manda e desmanda na Casa por meio do “Centrão”.

Comentários encerrados.